sábado, 17 de fevereiro de 2018

Como planejar sua primeira viagem com seus filhos para Orlando


Para começar, escolhi esse título porque planejar a primeira viagem para Orlando não é simples. Temos várias opções de hospedagem, de parques para serem visitados, de atrações em cada parque e de locais para alimentação e compras, etc. É preciso escolher dentre as várias opções e montar um roteiro que caiba no seu orçamento. Além disso, percebi que a grande maioria das pessoas acaba retornando, não se contentando com a primeira viagem. Eu sou um exemplo já fui várias vezes para essa região e sempre tenho vontade de retornar com minha família. 


Estou escrevendo essas dicas com base em minhas experiências de viagem com toda a família e em consulta em blogues e internet.  Adoramos viajar, eu, meu marido e nossos 4 filhos para vários lugares. Tornou-se um hobby na nossa família. Sou daquelas que ama "turistar" até dentro da minha cidade. Além de gostar de  viajar, amo ajudar outras pessoas a viajarem!

A imagem pode conter: 4 pessoas

Adoramos os parques. Para essa região da Flórida já fomos 6 vezes e 2 vezes para os parques que ficam na Califórnia. Em nossa primeira voagem para a Disney, tínhamos 3 filhos com 2, 4 e 6 anos. Depois os filhos foram crescendo e nasceu nossa quarta filha.  Ela entrou nessa aventura com 4 meses na sua primeira viagem para Orlando. Sendo assim, cada viagem foi única, já que as idades dos filhos e os interesses foram mudando.  


Nenhum texto alternativo automático disponível. Procuramos sempre colocar algo novo no roteiro. Os parques costumam lançar novidades,  algo novo para conhecer.  A Flórida possui outras regiões que são lindas e podem ser visitadas durante sua viagem para Orlando. Já montamos roteiros incluindo Miami e arredores, Key West, Tampa e Clearwater.  Fizemos também a combinação Orlando e Cruzeiro da Disney e Orlando e Cancun. Enfim, muitas opções, por isso sempre temos motivos para voltar. Mas para uma primeira viagem, sugiro apenas Orlando que já oferece um grande leque de atrações. 

Então, vamos ao ponto: como começar a planejar sua viagem para Orlando.

Planejamento é a palavra chave para uma boa viagem. Para isso é importante pesquisar através de blogs e guias. Sempre reservei e planejei minhas viagens de maneira independente, mas algumas pessoas preferem adquirir um pacote com empresa de viagem ou contratar a ajuda de um consultor de viagem (o que automaticamente fui me tornando).

Alguns pontos abordados abaixo merecem uma postagem exclusiva com mais detalhes. Nesta primeira postagem vou dar uma visão geral dos principais locais e comentar sobre algumas dúvidas que aparecem quando você vai planejar sua viagem .
    
Decidir a época que de viajar

A época de férias escolares (dezembro, janeiro e julho) é considerado alta temporada (a primeira quinzena de dezembro e o final de janeiro, nem tanto). É a época que a maioria das famílias com filhos consegue viajar.   A vantagem de escolher dezembro e janeiro é que nestes meses não há férias escolares americana. Os parques ficam com uma lotação razoável e há apresentações natalinas durante o mês de dezembro na Disney ( o que é muito legal ). Porém, na semana do Natal e Ano Novo os parques ficam bem cheios.
O clima em janeiro e dezembro é frio, entretanto, em alguns dias a temperatura sobe um pouco. Nesta época, certos parques aquáticos costumam estar fechados. Já em julho é bastante quente.

A imagem pode conter: 6 pessoas


A imagem pode conter: 3 pessoas

No mês de Julho costumam estar bem concorridos os parques e lotados. Porém, em julho de 2017 e estava bem razoável. Muito calor nessa época  de verão com possibilidade de chuvas. Uma boa pedida é aproveitar  os brinquedos "que  molham" e ir aos parques aquáticos.


Quem viaja na baixa temporada no Brasil esperando encontrar os parques vazios,  deve ficar atento com os feriados e férias escolares americanas pois os parques ficam bem cheios.

Parques mais vazios significam filas menores e mais tempo para curtir as atrações e quando isto não for possível, o importante ter um bom roteiro já preparado para otimizar o tempo.

Geralmente viajamos no período de férias aqui no Brasil e conseguimos  aproveitar bastante. Só conseguíamos viajar na baixa temporada quando as crianças ainda eram bem pequenas. Uma destas viagens foi no final de maio e início de junho e foi nítida a diferença na lotação do parque. Na última semana de maio pegamos os parques vazios e poucas filas. Já no começo de junho houve um aumento significativo.

 A compra de passagem


É mais fácil encontrar promoções de passagem aéreas na baixa temporada. Na alta é um pouco mais difícil, mas podem aparecer.  Comece a pesquisar com aproximadamente 11 meses de antecedência. Quando aparecer uma promoção compre logo, pois acaba rapidamente. É interessante acompanhar os preços das passagens frequentemente para se ter ideia e identificar um  preço bom.

Outra dica é pesquisar aeroportos em cidades próximas a Orlando. Como as estradas são excelentes, às vezes vale a pena comprar uma passagem mais em conta para uma cidade próxima e alugar um de carro até Orlando. Por exemplo, pesquisar chegando em Miami, Fort Lauderdale ou Tampa. Já conseguimos promoções incríveis.

Além disso, procure ter um programa de milhas que possam ser trocadas por passagem aérea. Hoje existem vários programas de fidelidade que geram milhas aéreas, utilização de passagem aéreas, postos de combustíveis, assinaturas de revistas, clube de milhagem das companhias aéreas, programas de compras como o DOTZ, cartões de crédito, etc.  Para isso é preciso disciplina nos gastos e organização para acompanhar seu saldo de milhas.  Viajar com milhas gera uma economia significativa!

Escolhendo a hospedagem

Orlando possui um grande leque de opções de hospedagens. Promoções podem aparecer durante esses 10 meses de planejamento e pesquisa. Existem algumas promoções que só aparecem em datas mais próximas a viagem. Vou sempre acompanhando, se encontrar algo interessante já reservo. Algumas reservas podem ser canceladas sem custo, o que possibilita continuar a pesquisa por promoções mais atrativas. Importante ficar atento.

Sempre me perguntam se vale a pena ficar hospedado em um dos hotéis no complexo da Disney ou da Universal, se  é preferível ficar em um hotel  ou uma casa alugada. Todas as opções são interessantes e possuem suas vantagens e desvantagens.

Hotéis da Disney



Existem várias categorias de hotéis (econômico, moderado e luxo ).  Já ficamos no All Star Movies e no All Star Music que são hotéis da categoria econômica. Ficamos também no Port Orleans que está na categoria moderada. Em todos eles você já entra na magia da Disney. Além disso, tem alguns benefícios que fazem diferença no aproveitamento dos parques, principalmente na alta temporada. Como hóspede você:
a.      Recebe a magic bands (pulseiras) que servirão para abertura da porta do quarto, entrada no parque, em restaurantes e lanchonetes do complexo, entrada nas filas de fastpass (programa que nos permite marcar hora em alguns brinquedos e pegar uma fila menor), acessar  as fotos tiradas ou o memory maker (pacote de fotos que pode ser adquirido e permite baixar todas as fotos tiradas no parque com os fotógrafos profissionais e nos brinquedos).


b. Possibilidade de agendar com 60 dias de antecedência os fastpass.  Para o público em geral só é possível com 30 dias.
c.    Possibilidade de utilizar o parque , em algumas horas, só para os hóspedes. São as magic hours. Elas são alternadas nos parque e aparecem no calendário da Disney.
d.    Estacionamento gratuito no hotel e nos parques (atualmente o estacionamento no parque custa  U$ 22,00 ).
e.      Possibilidade de usar o transporte da Disney em todo o complexo Disney.
f.    Atividades para as crianças com monitores no próprio hotel. 
g. Possibilidade de adquirir algum plano de alimentação o Disney Dinning Plan. Existem 3 tipos de planos: o com refeições rápidas (quick service), o plano padrão que pode ser usado, inclusive, nos restaurantes com personagens ( o standart com o table service) e o  de luxo (deluxe). O plano de alimentação pode ser utilizado nos hotéis da Disney, nos parques e na Disney Springs que é a rua com lojas e restaurantes da Disney. Esse assunto será melhor explicado em outra postagem. Vale salientar que a Disney sempre lança promoções com o plano de refeição gratuito no pacote da hospedagem. Não existem datas fixas, mas, geralmente em meses de baixa temporada. No entanto, já conseguimos pegar essa promoção em janeiro e em julho. Quando  ha esta promoção, não tenho duvida, ficar nos hotéis da Disney é a melhor opção. Já utilizamos o table service e fomos em praticamente todos os restaurantes com personagens. Se fossemos pagar diretamente nos restaurantes ficaria caríssimo. 

A imagem pode conter: 5 pessoas


   Em outro momento utilizamos o quick service o que foi interessante para economizar tempo e aproveitar os parques. Um dos restaurantes mais legais no Magic Kingdom, o Be Our Guest, que reproduz o Castelo da Bela e a Fera, aceita o  quick service, a escolha do plano de alimentação vai depender do roteiro e do orçamento.


Hotéis da Universal

As vantagens dependem do hotel escolhido, mas em geral:
a.   Possibilidade de utilizar a área do Harry Potter uma hora antes da abertura do parque.
b.    Serviço de transporte para os parques ( 2 parques temáticos e o parque aquático) e Citywalk (rua com restaurantes que fica na entrada dos 2 parques da Universal).
c.      E para os hóspedes dos hotéis do complexo, Hard Rock Hotel, Loews Royal Pacific e Loews Portofino Bay existe a vantagem de utilização do Universal Express Unlimited (programa "fura" fila  da Universal) gratuitamente.

Hotéis, Resorts e Casas


A cidade de Orlando é atendida por uma rede hoteleira bem vasta com várias opções nas diversas categorias. É possível encontrar preços interessantes. Gostamos de ficar em resorts que tenham instalações completas ou casas com uma boa estrutura com cozinha, máquinas de lavar e secar, quartos e banheiros bem espaçosos e confortáveis, também com área de churrasqueiras e uma parte de lazer com piscina, quadras, kids club e brinquedos para as crianças. O que é interessante principalmente para quem pretende ficar uma temporada maior.
 (obs: os hotéis nos EUA possuem máquinas de lavar e secar roupas disponíveis para os hóspedes, mas ficam em locais específicos e a utilização se dá através de moedas ).

A vantagem de ter a maquina de lavar no apartamento  é a praticidade e facilidade de deixar a máquina ligada e ir para os parques. 

Já mesclamos um período no hotel da Disney e um período nesse tipo de hospedagem e foi excelente a experiência.

Muitas pessoas preferem a utilização de casas de temporada que também são confortáveis e bem equipadas. Para um grupo maior é uma boa opção.

Transporte local


Ha a possibilidade e é interessante alugar um carro, sendo que  vale à pena procurar as promoções.É bem tranquilo dirigir pela cidade tendo um GPS. 

Existem várias dicas quanto ao aluguel de carro que serão postadas posteriormente. Só para exemplificar: você é quem abastece o veículo nos postos de combustíveis, já que não há frentista.   Quanto às crianças, levo a cadeirinha ou assento daqui, a não ser que a ideia seja comprar este item em Orlando. Até então não paguei para despachar estes itens junto com a bagagem já que as companhias aéreas não cobravam por carrinhos e cadeirinhas quando a criança era um dos passageiros. Hoje, porém, com a mudança na cobrança da bagagem, é importante verificar no momento da compra da passagem aérea.

Muitas pessoas preferem utilizar o transporte oferecido pelos hotéis e UBER para os outros casos. Há também o oferecimento do serviço de transfer.

Os Parques

Aqui aparecem as maiores dúvidas na hora da escolha em razão do leque de opções e  alto custo dos ingressos.  Vou dar uma ideia geral dos parques, e em uma postagem posterior explicar as atrações de cada parque.

Minha sugestão para quem está indo a Orlando pela primeira vez é focar em alguns parques. Por exemplo: Se você estiver indo por um período de duas semanas, escolher os 4 parques temáticos da Disney (retornando, neste período, a algum deles) e os 2 parques temáticos da Universal. Em uma próxima viagem você pode incluir os outros parques e repetir o que mais gostou.  Como disse no início da postagem, você provavelmente vai voltar.
Com essa dica você aproveita mais o parque, tem tempo para tirar fotos com vários personagens, assistir a várias apresentações e para curtir as refeições! Além disso, você economizará bastante. Quantos mais dias comprar para um parque, mais barato sairá o ingresso. Para quem viaja com crianças é importante lembrar que o ritmo é mais lento com tempo para descansos e para viver a magia do lugar!




A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Não é comum ter promoções nos ingressos da Disney, somente quando se compra mais de um dia de parque como mencionei acima. Existem algumas facilidades de pagamento oferecidas por empresas que revendem os ingressos.
Já em outros parques é possível encontrar algumas promoções nos sites ou nos combos (venda de ingresso para vários parques).
Ha quiosques em Orlando que oferecem descontos, tanto para a Disney quanto para outros parques, mas, você terá que assistir a palestras de venda de tempo compartilhado de algum hotel da Cidade. 
Já assisti a algumas  apresentações e comprei ingresso com desconto. Mas, não se iluda, você perderá umas 4 horas do seu dia na palestra e haverá uma forte pressão para que compre o programa de férias, o que não é agradável.

Agora vamos listar os parques:

 Disney

A Disney possui 4 parques temáticos e 2 parques aquáticos.


Magic Kingdom



É o parque símbolo da Disney que tem o castelo da Cinderela no centro. Existem várias áreas temáticas com seus brinquedos específicos. Costuma ser um dos mais cheios. Além dos brinquedos, é possível encontrar com personagens para foto e autógrafos, ver as paradas, shows de projeção e fogos no final do dia. Ha alguns restaurantes com personagens e vários outros pontos de alimentação. É impossível aproveitar tudo em um único dia, a não ser que você escolha somente algumas atrações e não fique parando em todos os personagens para fotos.

Hollywood Studios

É um parque para celebrar o cinema. Possui áreas temáticas com vários brinquedos, apresentações e personagens. É fundamental ter o horário dos shows para montar o seu roteiro. Neste parque tem um grande espaço dedicado a Star Wars. E também o famoso show Fantasmic que ocorre à noite.


Animal Kingdon

Sempre gostei desse parque, agora então com a nova área do Avatar,  ficou imperdível. Esta área ficou linda e deve ser visitada de dia e à noite, o brinquedo é um dos melhores de Orlando. 
O parque possui outras áreas temáticas voltadas para a vida animal com brinquedos e a presença de personagens para fotos. Ha atrações muito boas, como o show dos pássaros, o shows do Rei Leão e  Procurando Nemo. Havia uma parada que percorria o parque que não mais ocorre. Agora há um show nas águas no encerramento do parque que é muito bacana.

Epcot Center

Este parque possui duas partes. Uma com áreas temáticas voltadas para a tecnologia e a conscientização ambiental com vários brinquedos e personagens. 
Já a outra  é uma grande área que contém onze pavilhões que representam alguns países. Nesses locais é possível conhecer um pouco da cultura e da culinária desses países e encontrar alguns personagens. Os pavilhões ficam ao redor de uma lagoa onde acontece um show com fogos à noite. Uma brincadeira legal para as crianças é pegar uma impressão em branco de um personagem, colorir e passar nos pavilhões pegando o carimbo de cada país

Os parques aquáticos são:

Disney's Blizzard Beach Water Park.
 Nenhum texto alternativo automático disponível.

Vários brinquedos aquáticos com a magia da Disney. Como fomos em dezembro e o dia estava frio não havia muitas pessoas no parque e conseguimos passar em todos os brinquedos. No verão com o calor  o parque fica lotado.

Disney's Typhoon Lagoon Water Park

estava fechado em dezembro. Não entrou ainda nos nossos roteiros.

Universal

Possui 2 parques temáticos e um parque aquático

Universal Studios


Também com temática do cinema, possui algumas áreas com brinquedos, apresentações e simuladores que são muito legais. Vários brinquedos exigem uma altura mínima para entrar. Mas nesse parque ha espaços para as crianças, paradas e encontro com personagens para fotos. Existe o Beco Diagonal na área do Harry Potter, nessa área é possível trocar de parque ( para o Island of Adventure) utilizando o Expresso de Hogwarts (muito legal). Para isso é preciso comprar o ingresso que permite a troca de parques.

Island of Adventure

A imagem pode conter: 1 pessoa

Possui várias áreas temáticas com brinquedos, apresentações e simuladores onde é possível o encontro com vários personagens. No Island Adventure foi criada a primeira área do Harry Potter onde podemos embarcar novamente no Expresso de Hogwarts. ( lembrando que é necessário um ingresso que permita a troca de parque).

O parque aquático Volcano Bay foi inaugurado em 2017. Ainda não visitei.


Sea World


Possui 2 parques temáticos e 2 parques aquáticos.


Sea World
A imagem pode conter: 4 pessoas
A imagem pode conter: 4 pessoas

Voltado para a vida marinha, apresenta vários shows com animais e locais para interação com os mesmos. Depois de sofrer várias críticas, o parque vem alterando algumas apresentações. Além dos animais, o parque possui vários brinquedos e montanhas russas bem legais.

Bush Garden
A imagem pode conter: 3 pessoas

Fica em Tampa, aproximadamente 1 hora de Orlando. O parque tem uma área com animais, shows e vários brinquedos, alguns bem radicais. Aqui estão algumas das melhores montanhas-russas da região.

Os parques aquáticos são:

Discovery Cove
Tem como ponto forte o nado com os golfinhos. Não entrou ainda nos nossos roteiros;

Aquática 
Parque aquático mais simples que também não entrou nos nossos roteiros

Legoland

Parque com a temática lego, localizado a 40 minutos de Orlando. As atrações estão voltadas para crianças de 2 a 10 anos. Não entrou ainda em nossos roteiros.


sábado, 11 de junho de 2016

8 Dicas para Viajar Mais com Menos!



Para conseguir viajar mais com menos, principalmente no meu caso que tenho uma família numerosa, é fundamental:
1. cadastrar-se em programas de fidelidade das companhias aéreas, companhias de aluguel de carro e redes de hotéis para conseguir ofertas e benefícios na suas reservas, além de informações antecipadas das promoções. A questão do acúmulo e uso de milhas merece uma outra postagem!
2. planejar e reservar com antecedência para conseguir os melhores locais com o melhor preço! Você verá que a alegria da viagem já começa nesse momento.
3. ter disciplina para constantemente navegar pela internet para conhecer o valor médio de passagens, hospedagem e passeios e principalmente descobrir ofertas!
4. reservar rapidamente quando encontrar uma promoção que te interessa. Essas promoções para passagens e hospedagens desaparecem rapidamente.
5. pesquisar os locais interessantes da região para aonde você vai viajar para montar um roteiro. Com o roteiro em mãos é possível fazer a reserva antecipada da hospedagem.
6. reservar sua hospedagem assim que estiver com as passagens garantidas e o roteiro planejado. Interessante optar por reservas que possam ser canceladas sem qualquer custo até uma data próxima da viagem, com exceção para os casos que você já consegue o hotel do seu interesse com um valor conveniente! Com uma reserva garantida de um hotel que você achou interessante pela relação custo x benefício, comece sua busca constante por ofertas para os hotéis que você considera melhores, mas que o custo não encaixa no seu orçamento. Quando encontrar uma oferta desses hotéis, pegue! Com essa nova reserva do hotel já é possível cancelar a primeira sem custo algum. Garanto que a sensação nesse momento é ótima! kkk
7. pesquisar aluguel de carro, funcionamento do transporte público ou contratação de transporte para você decidir como será sua locomoção durante a sua viagem: cada local tem sua peculiaridade. Gosto bastante de alugar carro para dar mais tranquilidade e agilidade para minha família com 4 crianças, mas existem locais ou tipo de hospedagens que não vale a pena. Quanto ao aluguel de carro: interessante possuir um cartão de crédito que cubra o seguro do carro alugado, garantindo um desconto grande no valor da locação. Reservando antecipadamente você encontra ofertas e o carro que você necessita.
8. ler bastante sobre o destino para pegar dicas de passeios, de descontos e de bons locais para hospedagem e alimentação. Costumo ler manuais, vários blogs, inclusive os comentários postados, bem como seguir assuntos e páginas de turismo nas redes sociais! Interessante também pesquisar operadores de turismo porque pacotes interessantes podem aparecer!

Conclusão:
informação, antecedência e não perder o momento da oportunidade são o caminho para
viajar mais com menos!


barcelo.com



Um exemplo

Nossa próxima viagem será em janeiro de 2017 e começou a ser planejada em março de 2016:

1. Surgiu uma promoção para passagem aérea com milhas em março de 2016 para um local que tinha interesse em conhecer com minha família. Rapidamente reservei!
2. Passagens garantidas: hora de começar a montar o roteiro! Pesquisei os locais interessantes do país que vamos visitar e montei o roteiro estabelecendo o tempo de permanência em cada um.
3. Com as datas e locais definidos, comecei a fazer as reservas das hospedagens. Em um dos locais não consegui reservar o hotel que queria porque o valor estava bem mais alto do que pretendia gastar. Reservei uma outra opção que achei interessante e que poderia cancelar até uma data próxima a viagem.
4, Vinha acompanhando, desde março, esse hotel que fiquei interessada. Fiquei aguardando uma oferta nos sites de busca de hotéis e no site do próprio hotel. Hoje, em junho, surgiu uma grande oferta: esse hotel que eu queria apresentou uma oferta relâmpago na qual a hospedagem ficava mais barata do que a reserva do outro hotel que eu tinha feito. Cadastrei-me no programa de fidelidade do hotel, liguei para o 0800 do hotel e efetuei a reserva! Esse contato com o hotel foi interessante para descobrir benefícios que terei na minha hospedagem.
5. com a nova reserva garantida, cancelei a primeira sem qualquer custo.
5. paralelamente vinha pesquisando sobre aluguel de carro, transporte público ou contratação de transporte e achei mais interessante, nesta viagem, a contratação do transporte porque uma grande parte da viagem ficaremos em um hotel all-inclusive e em outro local não precisaremos do carro. Através da leitura de vários blogs encontrei, dentro de um comentário, o contato de um motorista e comecei as tratativas com ele. Já recebi vários orçamentos e gostei! Importante que o pagamento só será efetuado no ato do serviço.
6. e continuo com a pesquisa: até o meu embarque. em janeiro de 2017, muita coisa boa pode acontecer!

sábado, 17 de outubro de 2015

Curtindo o halloween nos EUA com as crianças

Passar o HALLOWEEN com as crianças nos EUA é uma grande pedida. O Halloween (Dia das bruxas) é comemorado no dia 31 de outubro. É uma celebração típica da cultura norte-americana mas também comemorada em outros países. Durante todo o mês de outubro é possível entrar no clima dessa festa!

A decoração fica linda. As casas e o comércio se enfeitam para essa ocasião.



Existe todo um ritual com a abóbora: depois de comprá-la, tiramos a parte interna, esculpimos uma face e colocamos uma vela dentro para acendê-la à noite. 



Entramos nessa brincadeira com  as crianças e produzimos a nossa abóbora. Após o período do halloween é possível encontrar vários produtos com abóbora sendo vendidos: de torta a milkshake.


Ocorre também a montagem de Vilas das Bruxas. É um local que adoramos visitar: todo decorado e com comércio de produtos, roupas e doces relacionados a data. Visitamos esta Vila das Bruxas em West Jordan, Utah.













Os parques de diversões e museus recebem uma produção e programação especial para celebrar o Halloween. Visitamos o Museu Madame Tussauds em Las Vegas (que fica no Hotel The Venetian) nesse período e encontramos uma instalação do terror que valeu a visita: gritos na certa kkkkk! AS crianças não entraram nessa instalação mas curtiram bastante o museu.








Gostamos também de visitar os Jardins do Hotel Bellagio em Las Vegas que entrou no clima do halloween.






Durante todo o mês ocorrem festas de halloween. Fomos em uma delas que era voltada para as crianças. Foi na Ala que frequentávamos em Midvale, Utah.





Finalmente, no dia 31 saímos no início da noite para o famoso Trick or Treat (doce ou travessura) que consiste em bater nas portas das casas, dizer essa frase e receber uma guloseima. As crianças saem fantasiadas (vale lembrar que vale todo tipo de fantasia, não só a de terror, bem como o uso de maquiagens). Muitos adultos também se fantasiam para acompanhar as crianças nas ruas ou para recebê-las na porta de suas casas. As crianças ficaram encantadas com a brincadeira e voltaram para casa com os seus baldinhos (em formato de abóbora, normalmente) cheios de doces!





Além dessa incrível festa, visitar os EUA no mês de outubro é muito interessante pois as paisagens ficam lindas no outono. Visitamos o Sundance Resort em Utah.





Concluindo, essa época é recomendadíssima para viajar com os pequenos para os EUA!